Meu trabalho tem uma visão mais direcionada à “FENOMENOLOGIA”, o que não quer dizer que eu não utilize mais informações vindas de outros visionários da Psicologia, afinal todos eles estudaram muito para chegar a alguma conclusão, que tivesse como objetivo auxiliar o ser humano, eu acredito que todos nós temos sempre algo de bom que podemos ajudar o outro a resolver seus conflitos.

        Quando me refiro em utilizar algumas idéias de outras abordagens, quero dizer, conhecê-las e estudá-las, um pouco de cada uma delas, com a única intenção: auxiliar alguém que esta em sofrimento.

        O que não quer dizer que eu seja a “famosa eclética”, termo meio pejorativo entre nós profissionais da área.

        Da forma que trabalho, viso sempre o bem estar do paciente, até por que procuro trabalhar o “aqui e o agora”, isto é o conflito que o paciente trás para resolvermos juntos e que o esta atrapalhando no seu dia a dia, a não ser que o mesmo queira fazer um “auto-conhecimento”, o que neste caso demora um pouco mais.

        Para poder trabalhar desta forma, utilizo quase sempre a “Psicoterapia Breve”, o que acelera mais o processo, do que o método usado no passado, não precisando diversos anos para ajudar meu paciente a resolver seu conflito.